Vitrine Online, a melhor informação !

IGNORÂNCIA – DEZENAS DE MACACOS [NOSSOS PROTETORES E VÍTIMAS DA FEBRE AMARELA] SÃO MORTOS EM IBIÚNA

Por ignorância da realidade, pois os macacos são vítimas e não causadores da doença e protetores da população ao indicar os caminhos da febre amarela, cerca de setenta foram mortos no município de Ibiúna recentemente, por espancamento, envenenamento, tiro e ataques de cachorros, quando caem das árvores. “Estão tirando a nossa proteção”, advertiu hoje (11) pela manhã a diretora da Vigilância Epidemiológica de Ibiúna, Elisângela Cardoso Pires.

É importante que a população pare imediatamente de matar os primatas que se encontram nas matas do município de Ibiúna, pois em vez de ajudar no combate à febre amarela, prejudica todo o esforço que está sendo feito pela Secretaria Municipal da Saúde em ação conjunta com a Vigilância Epidemiológica de Sorocaba e da Superintendência de Controle de Endemias – Sucen, da Secretaria Estadual da Saúde.

No caso de se encontrar macaco morto, a orientação é ligar para o Centro de Controle de Zoonoses [15 – 3294-1381, que providenciará a remoção do animal, bem como retirará uma amostra para análise para verificação se está ou não contaminado. É importante alertar também que de cerca de setenta macacos encontrados mortos, houve confirmação de apenas dois casos: um no bairro de Dois Córregos e 1 no Areia Vermelha (em ambas as localidades a população já foi imunizada.

Comentários