POLO SUL ABRIU A PORTA DO “FREEZER” – MUITO FRIO, NEVE E GEADAS

O polo sul, também conhecido como Antártida ou Antártica, tem quase o dobro da extensão do Brasil. O continente gelado liberou uma massa gelada que atingirá fortemente o sul do país, com temperaturas que deverão ficar abaixo de zero. Em alguns lugares, segundo previsões de institutos do sul, os termômetros poderão marcar até -15ºC, com sensação térmica de até -25ºC.

Climatempo, que vitrine online utiliza como referência, emitiu comunicado em que alerta para “grande possibilidade de queda de neve nos dias 28 e 29 de julho de 2021, em áreas da região serrana e no planalto do RS e de SC, no planalto sul e planalto norte de SC, e no sul do PR. Em menor probabilidade, também pode ocorrer algum tipo de precipitação invernal no sul e sudeste do RS (regiões de Bagé, Chuí e Pelotas)”

O sul de Mato Grosso e grande parte do Estado de São Paulo terão também temperaturas invernais baixas. A Defesa Civil já comunicou essa possibilidade alertando que se tome mais cuidados com idosos e crianças que precisam ser protegidos com mais rigor.

IBIÚNA

Acompanhe as temperaturas mínimas e máximas previstas para Ibiúna e região de hoje (26) até a próxima segunda-feira, dia 2 de agosto. O dia mais gelado em Ibiúna ocorrerá na sexta-feira, dia 30, com 1ºC, mas em alguns lugares poderá cair abaixo de zero e haverá geada.

Segunda-feira (26) – Mínima 9ºC, máxima 26ºC – o dia todo será sem nuvem;

Terça-feira (27) – Mínima 10ºC, máxima 27ºC;

Quarta-feira (28) – Mínima 7ºC, máxima 15ºC – o dia será chuvoso;

Quinta-feira (29) – Mínima 4ºC, máxima 15ºC – geada ao amanhecer;

Sexta-feira (30) – Mínima 1ºC, máxima 14ºC – geada ao amanhecer;

Sábado (31) – Mínima 7ºC, máxima 17ºC;

Domingo (1º) – Mínima 9ºC, máxima 17ºC;

Segunda (2) – Mínima 11ºC, máxima 22ºC.

Carlos Rossini

Carlos Rossini é jornalista, sociólogo, escritor e professor universitário, tendo sido professor de jornalismo por vinte anos. Trabalhou em veículos de comunicação nas funções de repórter, redator, editor, articulista e colaborador, como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Diário Popular, entre outros. Ao transferir a revista vitrine, versão imprensa, de São Paulo para Ibiúna há alguns anos, iniciou uma nova experiência profissional, dedicando-se ao jornalismo regional, depois de cumprir uma trajetória bem-sucedida na grande imprensa brasileira. Seu primeiro livro A Coragem de Comunicar foi lançado na Bienal do Livro em São Paulo no ano 2000, pela editora Madras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *