Vitrine Online, a melhor informação !

DELEGADO TITULAR REVELA DADOS SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA EM IBIÚNA

CONSEG HOJE

O delegado titular de Ibiúna, dr. José de Arruda Madureira Jr., revelou hoje (4), em entrevista exclusiva à vitrine online, os números oficiais das ocorrências criminais no município no primeiro trimestre de 2017 em comparação com o primeiro trimestre de 2016.

Com exceção de roubos e furtos de veículos que tiveram redução este ano, os demais índices – homicídios, roubos de veículos e furtos – tiveram aumento de ocorrências. Os maiores números absolutos foram observados nos casos de furtos – 169, em 2017, contra 166, em 2016 [leia abaixo na tabela].

PRIMEIRO TRIMESTRE 2017          –   PRIMEIRO TRIMESTRE 2016

Homicídios = 2                                     Homicídios =- 1

Roubos = 44                                         Roubos = 49

Roubos de veículos = 30                    Roubos de veículos = 25

Furtos = 169                                         Furtos = 166

Furtos de veículos = 16                      Furtos de veículos = 23

O delegado prestou essas informações logo após participar da reunião do Conselho de Segurança de Ibiúna – Conseg, realizada pela manhã na sede da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Ibiúna, que discutiu diversos temas relacionados à segurança pública no município.

Dr. Madureira afirmou inicialmente que “gostaria de deixar bem claro que nós trabalhamos com índices da Secretaria da Segurança Pública” e acrescentou: “Gostaria também de alertar a população que, apesar da sensação de insegurança, estamos trabalhando com números bem reduzidos de nossas metas para a cidade de Ibiúna, graças ao grande trabalho preventivo que a Polícia Militar [que recebeu um reforço de novos policiais] e a Guarda Civil Municipal vêm fazendo no município.” E acrescentou:

“Logicamente não são números ideais, mas o trabalho em andamento objetiva reduzir esses números, apesar de toda a situação econômica que o Brasil vive e o alto número de desempregos. Nós, que trabalhamos em segurança, sabemos que, quando isso acontece, automaticamente aumenta roubos e furtos em qualquer cidade do Brasil.”

RECURSOS OPERACIONAIS

Na reunião do Conseg dois aspectos chamaram a atenção: 1. o grande esforço realizado para combater a criminalidade, com recursos operacionais limitados, tanto em quadro de pessoal quanto de materiais disponíveis; 2. as prisões realizadas e a frustração de ver os autores, sobretudo e exatamente no caso de furtos, sempre nas ruas, exigindo reiteradas missões de combate ao crime repetidos pelos mesmos personagens, num ciclo vicioso que parece não ter fim.

Apesar dessa situação, foi pedido que a população confie na polícia que, em caso de perigo, de qualquer natureza, ligue para 181, tanto para situações urbanas quanto as relacionadas com crimes ambientais muito frequentes no vasto município de Ibiúna.

Participaram da mesa da reunião o advogado criminalista Valdionor Plácido Vieira da Silva; sargento da Polícia Militar Ambiental, PM Correa Jr.; delegado titular de Ibiúna, dr. José de Arruda Madureira Júnior; presidente do Conseg, engenheiro Marcelo Zambardino; comandante da Guarda Civil Municipal, Marcelo Godinho; comandante da Polícia Militar em Ibiúna, capitão PM Claiton dos Santos Leite.

DIRETORIA ELEITA

Hoje também foi eleita a diretoria do Conseg (chapa única) para o período 2017 a 2019, que ficou assim composta: presidente, Marcelo Zambardino (permanece no cargo); vice-presidente, Carlos Tadeu Ribas; 1º secretário, Anthony D’Arcangeli; 2º secretário, Soledade Lima. Diretoria: João Kawakami e José Gonçalves.

Comentários