Vitrine Online, a melhor informação !

IBIÚNA – SECRETÁRIO DA SAÚDE PEDE CALMA À POPULAÇÃO E INFORMA QUE TODOS RECEBERÃO A VACINA

Até esta terça-feira (16), a Vigilância Epidemiológica de Ibiúna vacinou 15.662 pessoas no município, informou à vitrine online o secretário interino da Saúde, Jonas Campos [secretário de Governo], acrescentando que somente hoje receberam a vacina 1.250 pessoas, das quais 250 crianças.

Campos disse entender a justificada preocupação das pessoas de se protegerem, assim como seus familiares, mas pediu calma à população, informando que todos serão vacinados e que observem o calendário [veja abaixo] de vacinação programado para os postos de saúde, o que deverá “desafogar” o posto na região central ao qual 70% dos que comparecem estão vindo da área rural.

O secretário lembrou ainda que em 2010 houve campanha de vacinação contra a febre amarela no município de Ibiúna e que 70% da população foi imunizada, mas que muitas pessoas estão vindo, seja por não terem preservado a carteira da vacinação ou não se recordar se receberam ou não o medicamento.

A vacinação contra a febre amarela em Ibiúna – para crianças com mais de 5 anos, adultos e idosos – passou a ser ministrada no Centro Olímpico, localizado na Rua José Cipriano de Freitas, a partir das 9 horas. Serão distribuídas 300 senhas por dia e a vacinação será feita de segunda à sexta-feira.

Já no Centro de Saúde Central, na avenida São Sebastião, serão vacinadas somente crianças menores de 5 anos, com a distribuição de 100 senhas por dia, a partir das 9 horas. Para se vacinar, é preciso levar documento de identificação. Para menores de 15 anos, é obrigatório apresentar a caderneta de vacinação.

“NÃO MATEM OS MACACOS”

O secretário interino da Saúde fez um apelo para que as pessoas “não matem os macacos” que também são vítimas dos mosquitos e protetores das pessoas ao indicar a presença do vírus transmitida por mosquitos, estes sim transmissores do vírus que provoca a febre.

A equipe do Centro de Zoonoses, até o momento, resgatou 94 macacos que apareceram mortos [por tiros, envenenamento ou espancamento, entre outros motivos]. Desse total, quatro apresentaram resultado positivo para o vírus da febre amarela: um no bairro de Dois Córregos, um na Areia Vermelha. Nas últimas horas – informou Campos – foram detectados dois novos casos: um no bairro do Piaí e outro na Vargem do Salto. As equipes da Vigilância Epidemiológica se deslocaram para essas duas localidades [como foi feito em relação aos dois primeiros casos] para realizar um isolamento da área, aplicar a vacina de casa em casa e dar orientação para os moradores.

OMS INFORMA SOBRE RISCO

Em declaração oficial feita hoje, a Organização Mundial da Saúde – OMS passou a considerar todo o Estado de São Paulo como área de risco para a febre amarela. Essa decisão se deve ao fato de ter observado o aumento da atividade do vírus no Estado.

Até o momento a Secretaria Estadual da Saúde confirmou 21 mortes de febre amarela desde junho de 2017. Este ano, até o dia 11, foram confirmadas 13 mortes por febre amarela em todo o Estado.

Também hoje o governador Geraldo Alckmin anunciou que serão vacinadas oito milhões de pessoas e que pediu reforço de vacinas para o Ministério da Saúde. Para atingir um maior número de pessoas as vacinas estão sendo ministradas em doses fracionadas. (C.R.)

 

 

Comentários