Vitrine Online, a melhor informação !

JURISTA AFIRMA QUE GILMAR MENDES É UM DOS RESPONSÁVEIS PELA INSEGURANÇA INSTITUCIONAL NO PAÍS

Ao participar de um programa na TV Cultura esta semana, o jurista Modesto Carvalhosa, personalidade de referência nacional no combate à corrupção, afirmou que o ministro do Superior Tribunal Federal, Gilmar Mendes, “é um dos responsáveis pela insegurança institucional que se instalou no País”.

Ainda segundo Carvalhosa, que é autor de diversos livros e professor de Direito aposentado da Universidade de São Paulo, o ministro do STF tem condutas “quase diariamente como um verdadeiro coronel de fazenda de Mato Grosso, falando o que vem na cabeça dele sem nenhum respeito às instituições brasileiras”. Finalmente, declarou que o propósito de Gilmar Mendes é acabar com a Operação Lava Jato. Leia, abaixo, as declarações do jurista.

“O ministro Gilmar Mendes perdeu completamente o decoro do ponto de vista de, como ministro do Supremo Tribunal Federal, ele não podia ter tido as condutas que têm tido quase diariamente como um verdadeiro coronel de fazenda de Mato Grosso, falando o que vem na cabeça dele sem nenhum respeito às instituições brasileiras, sem nenhum respeito à função dele de magistrado, que é só falar nos autos, e cria, portanto, no País, uma insegurança institucional ainda maior.

Ele é um dos responsáveis pela insegurança institucional que hoje se instalou no País e ele o faz na medida em que ameaça as próprias instituições, ou seja, o Ministério Público, ameaça os juízes, no caso o juiz encarregado da Lava Jato, e faz uma série de terrorismos e uma mistificação da opinião pública dizendo que a Operação Lava Jato é abusiva, abusiva do quê? A Operação Lava Jato é um dos exemplos universais, hoje, mundiais, de eficácia, produtividade, capacidade, profundidade e rapidez no julgamento de casos de corrupção, tanta assim que ela é consagrada no mundo todo e imitada no mundo inteiro e os seus protagonistas, no caso Sérgio Moro e o pessoal do Ministério Público recebem prêmios mundiais pelo seu trabalho, e vem aqui uma pessoa que se despe da função de ministro do Superior Tribunal Federal e ataca aquele ponto fundamental que mudou inclusive a face do Brasil, porque o Brasil hoje é outro por causa da Operação Lava Jato e ele quer atacar por quê? Ele quer acabar com a Lava Jato, essa é a verdade! Ele está a serviço daqueles que, investigados, denunciados e acusados por força da Lava Jato – Polícia Federal, Ministério Público e juízes de 1ª Instância Federal –, ele realmente que proteger esse pessoal criando, portanto, uma indisposição da opinião pública contra a própria Operação Lava Jato, portanto é incompatível a posição dele com o decoro que se espera de um ministro do Superior Tribunal Federal, de um juiz enfim.”

Comentários