Vitrine Online, a melhor informação !

LEITURA DE DOMINGO – SER MELHOR A CADA DIA É UM JEITO DE RENASCER

William James (1842-1910) é considerado como um dos filósofos mais influentes dos Estados Unidos e também “pai da psicologia americana”. Em seu famoso livro As variedades da experiência religiosa – Um estudo sobre a Natureza Humana – sustenta que uma pessoa pode se salvar por meio de um segundo nascimento, que “é uma espécie de vida consciente mais profunda do que a que ele usufruía antes”.

Li sobre esse fato em muitos outros autores, no campo das ciências humanas. Em alguns lugares, em vez de “segundo nascimento” aparece a palavra “renascimento”, que significa a mesma e única coisa.

Num resumo fácil, pode-se dizer que as influências que recebemos desde o nosso nascimento nos moldam de uma tal maneira artificial e forçada que perdemos o senso de quem verdadeiramente somos. E nascer uma segunda vez significa exatamente libertar-se como ser para uma nova vida. Tornar-se autônomo, consciente e responsável por si mesmo. Trata-se da mais luminosa experiência que um ser humano pode vivenciar.

Liev Nicoláievich Tostói (1828-1910), mais conhecido em português como Leon Tostói, é um escritor russo amplamente conhecido como um dos maiores de todos os tempos.

Como ser humano, Tostói viveu as agruras da existência, sentiu depressão e sofreu os tormentos como os mais comuns dos mortais, que atualmente vivem dependendo de medicamentos para controlar ansiedade, fazer dormir, amenizar estados depressivos, mal do pânico, etc. Veja um trecho de seu depoimento e a iluminação que teve ao renascer:

“Lembro-me, de um dia, no princípio da primavera, em que eu estava sozinho na floresta, prestando atenção aos seus ruídos misteriosos. Fiquei ouvindo, e meu pensamento voltou àquilo de que eu sempre me ocupara nos últimos três anos – a busca de Deus.”

A partir daí as coisas começaram a ficar claras em sua mente. “Não posso dizer com exatidão como nem quando se operou a mudança…e o mais estranho é que a energia que voltou nada tinha de novo. Era minha antiga força de fé juvenil, a crença em que o único propósito da minha vida era ser melhor”

Miremos o seu exemplo maravilhoso: ser melhor a cada instante, a cada dia, é simplesmente um motivo para renascer a cada instante em um mundo conturbado, violento, em desordem. É como seguir a luz de um farol que guia o comandante do navio e o coloca em curso seguro. É um desaprender e uma despedida de tudo que nos foi imposto de ruim e negativo e o acolhimento de uma nova estatura mental grandiosa.

O segundo nascimento é como atravessar um período de tempestade, tensão e incoerência, que pode acontecer de modo gradativo ou subitamente, como um milagre. (Carlos Rossini é editor de vitrine online)

 

 

Comentários