Vitrine Online, a melhor informação !

AGORA É COM A JUSTIÇA – DOIS AUTORES DE CRIME BÁRBARO CONTRA MULHER EM IBIÚNA JÁ ESTÃO PRESOS

Um crime bárbaro ocorrido na noite do dia 15 de junho último, em que uma mulher foi brutamente agredida a golpes de facão dentro de sua casa, em um bairro em Ibiúna, poderá agora ser submetido à Justiça graças às ações da Delegacia de Polícia de Ibiúna que logrou prender o autor e seu filho, ambos suspeitos do crime, o primeiro no interior da Bahia e o segundo, no município de Araçariguama. A vítima, Maria Eunice da Costa Santos, 49, acabou perdendo as duas mãos e um dos olhos.

Maria Eunice, natural de Pombal, interior da Paraíba, vivia em união estável com Almir Alves Vieira, natural de Oliveira dos Brejinhos, no interior da Bahia, em uma residência localizada na Estrada do Xelim, no bairro Granja Votorantim – Curral, em Ibiúna.

Na noite do crime uma vizinha disse, ao ser indagada pelo GCM que atendeu a ocorrência, que ouviu o casal discutindo e, de repente, escutou a vítima pedindo socorro. Nesse momento, a vizinha foi até a casa e encontrou a mulher toda ensanguentada e a socorreu imediatamente ao Hospital Municipal, onde foi internada em estado grave [chegou a ter parada cardiorrespiratória]. A vítima apresentava vários ferimentos contundentes. Reanimada, foi transferida para o Hospital Regional de Sorocaba. O GCM então se dirigiu para a residência do casal, mas o criminoso não mais se encontrava lá. Ali localizou um facão com a lâmina manchada de sangue em cima da cama da vítima. “Havia marcas de sangue por toda a parte da residência e também no quintal”, declarou o guarda civil municipal.

PRESO HOJE

Foragido da Justiça, os policiais da Depol de Ibiúna solicitaram apoio da Polícia Civil de Oliveira dos Brejinhos, no interior da Bahia que, por volta das 18horas de hoje (1º), o encontrou num povoado chamado de Queimada Nova. Almir estava em uma casa ao lado de uma barragem. Abordado, por uma equipe composta pelo investigador do DT de Oliveira dos Brejinhos e soldados da Polícia Militar do 4º CIPM de Macaubas, o autor ouviu voz de prisão e não ofereceu resistência e assim se cumpriu o mandado de prisão da Comarca de Ibiúna. Hamilton, filho de Almir, que também tinha mandado de prisão por envolvimento no crime, foi preso pela equipe de investigadores da Polícia Civil de Ibiúna no vizinho município de Araçariguama.

Ambos, agora, serão entregues à Justiça na Comarca de Ibiúna e se espera que sejam punidos pela crueldade do crime cometido contra uma mulher indefesa.

A equipe de policiais ibiunenses que atuaram na investigação bem sucedida desse crime pavoroso e cruel contou com a participação dos delegados José de Arruda Madureira Jr e Rafael de Medeiros Martins e dos investigadores Bruno, Norival, Leandro e Paulo.

 

 

Comentários