Vitrine Online, a melhor informação !

IBIÚNA – QUEM É QUEM NA POLÍTICA SERÁ REVELADO ATÉ O DIA 4 DE ABRIL

Neste momento, os partidos políticos ibiunenses que vão disputar as eleições de outubro estão se dedicando intensamente à chamada “janela eleitoral”. Trata-se do período – de 5 de março a 3 de abril – determinado pela Justiça Eleitoral, em que os vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição [majoritária ou proporcional] sem incorrer em infidelidade partidária.

Portanto, as nuvens que pairam no cenário político-eleitoral se dissiparão naquela data e, saberemos enfim, quais serão os candidatos e quem é quem e está com quem. A palavra final será dada nas urnas no dia 4 de outubro pelos eleitores.

SITUAÇÃO DE MOMENTO

Enquanto 4 de abril não chega, temos em Ibiúna, até este momento, o seguinte cenário de pré-campanha, visando ao cargo de prefeito: Charles Guimarães (PSL), Eduardo Anselmo/Nélio Leite (Progressistas], Fábio Bello (MDB), João Mello (PSD), Renan Godinho (Podemos) e Rodrigo de Lima (DEM).

Mário Pires de Oliveira que havia promovido uma festa para lançar sua pré-candidatura a prefeito pelo Avante, está deixando esse partido e provavelmente se filiará ao PRTB, para o qual também já terá migrado o deputado estadual sargento Neri, seu apoiador político. O novo presidente do Avante, conhecido como Risadinha, declarou apoio à pré-candidatura de Renan Godinho.

Nesse contexto, temos até o momento 7 pré-candidatos ao cargo de prefeito de Ibiúna a partir de janeiro de 2021.

Paulo Sasaki, que desistiu de se candidatar ao cargo de prefeito pelo PTB, reafirmou hoje (2) a vitrine online sua decisão. Mas nada impedirá, embora seja, neste momento, “improvável”, que venha a integrar a posição ao cargo de vice-prefeito em uma eventual composição com um dos partidos.

Segundo vitrine online apurou, o anúncio da pré-candidatura do vereador Rodrigo de Lima, que assumiu a presidência do DEM em Ibiúna, teria irritado o prefeito João Mello (PSD) que, supostamente, contava com o apoio do parlamentar em seu propósito de reeleger-se. (Carlos Rossini é editor de vitrine online)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários