Vitrine Online, a melhor informação !

BOA NOTÍCIA – ALADIM É O PRIMEIRO VEREADOR NEGRO ELEITO EM IBIÚNA EM MAIS DE 30 ANOS

De origem modesta, 51 anos, inspirado no tema de sua campanha – “Sozinhos vamos mais rápido, mas juntos chegar mais longe” -, Aladim (Podemos) é o primeiro negro eleito vereador em Ibiúna em mais de trinta anos. Houve outro, José Mendes, homenageado com o nome da praça existente em frente ao Paço Municipal no centro de Ibiúna.

Seu trabalho a frente de uma ONG que idealizou e existe há 17 anos, com o objetivo de proporcionar bem-estar a crianças e adolescentes, certamente foi decisivo na obtenção de 719 votos, nono colocado entre os 15 vereadores eleitos e reeleitos.

Saiba quem é Aladim, de acordo com a biografia fornecida pela assessoria do novo vereador ibiunense. 

BIOGRAFIA

Geraldo Flavio Amaro, mais conhecido como “Aladim”, nasceu na cidade de Piranga, Minas Gerais, no ano de 1969, de uma família simples, humilde e numerosa de nove irmãos. Filho de uma dona de casa e um trabalhador rural. Teve que aprender desde muito cedo a lidar com as adversidades e desafios da vida. Aos quatros anos de idade, seus pais vieram para São Paulo, em busca de uma vida melhor para a família, mais precisamente em Ibiúna, no Bairro do Paruru, onde morou até os 10 anos. 

Em seguida, a família mudou-se para a cidade de Piedade, onde o jovem Geraldo teve uma infância e juventude tranquila e concluiu o ensino fundamental e médio. O trabalho sempre fez parte de sua vida desde muito cedo.

No fim de 2000, retorna para o bairro do Paruru e forma sua segunda família. Geraldo é pai de 6 filhos e 4 netos. Começa a partir daí sua trajetória como cidadão Ibiunense dando início ao seu trabalho voluntário e profissional. Em 2003, com apoio de empresários cria o projeto social “Aladim e Parceiros” sem fins lucrativos, que logo recebeu apoio de diversas pessoas que compartilhavam dos mesmos objetivos, causas e ideais.

Projeto Aladim e Parceiros

Tudo começou quando um grupo de crianças carentes bateu na sua porta pedindo para ensiná-las a jogar bola. Inicialmente, o projeto contava com apenas 6 crianças.

O número de crianças foi aumentando cada dia mais, foi quando começou a buscar parceiros com o mesmo idealismo para ampliar o projeto. Vendo as dificuldades que cada um tinha, resolve criar o projeto social. Nasce então, a ONG “Projeto Aladim e Parceiros”, em 12 de outubro de 2003, que idealizou sempre pensando no bem-estar das crianças e jovens que integravam o projeto. 

Com o tempo percebeu que tinham outros bairros também carentes de projetos sociais que abordasse não só o futebol como esporte, mas também como parte educativa, formação de caráter como ser humano, o bem-estar e a grande família que foram formando. Além disso, o projeto deu a oportunidade de conhecer a carência das comunidades, onde parte dessas crianças moravam com suas famílias, também proporcionou momentos únicos e verdadeiras histórias de vida.

Sua origem também foi de família humilde e passou por muitas necessidades por não ter as informações que hoje tem acesso. Pensando na inclusão social, foi a melhor forma que encontrou de aproximar as pessoas sem medir a cor, religião ou credo e, sim agindo com o coração para ajudar o próximo.

O Projeto Aladim e Parceiros têm como objetivo trabalhar com as escolas municipais, estaduais e famílias. Sempre visando a educação, a saúde e o bem-estar da criança e do jovem, com a finalidade de inseri-los na sociedade como um todo. Também colocando em prática a cidadania e auxiliando às famílias que estejam em dificuldades, dentro do alcance da ONG.

Quando criança se lembra que as coisas eram difíceis, os sonhos mais simples de serem realizados na sua infância como conhecer uma praia, visitar um zoológico, ir a um parque aquático ou estádio de futebol, somente quando adulto teve a felicidade de uma criança.  

E hoje, trabalhando com as crianças fica feliz, quando proporciona esses momentos, juntamente com seus parceiros: uma viagem, um campeonato em outro município, uma festa, uma visita a um estádio de futebol, uma comemoração de Páscoa, entre tantos outros momentos de lazer e descontração. 

“É gratificante a alegria estampada no rosto de cada uma dessas crianças e jovens. Não tem preço!”

Hoje, o projeto conta com aproximadamente 800 crianças, distribuídos em 7 núcleos somando 9 bairros, com idade entre 5 a 17anos. Desde sua efetivação como ONG mais de 7 mil crianças passaram pelo projeto. 

Sua postura como vereador eleito será, da mesma forma que conduz sua vida, com serenidade, humildade, respeito e, principalmente, seus valores. Na Câmara vai retribuir com muito trabalho e defesa dos princípios do Legislativo, para todos que confiaram e acreditaram nas suas propostas de campanha. “No seu mandato sempre haverá espaço para o cidadão ser participativo e presente de forma democrática”, segundo informações recebidas de sua assessora de imprensa.

Comentários