Vitrine Online, a melhor informação !

SOBRAS DO FUNDEB REPASSADAS AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO ULTRAPASSARAM R$ 5 MILHÕES

As sobras do Fundeb (verba federal destinada para pagamento de professores e investimentos em infraestrutura) repassadas no fim do ano para os setecentos e oitenta profissionais da Educação atingiram exatos R$ 5.396.091,02, talvez o maior montante da história no município de Ibiúna.

O menor valor repassado foi de R$ 480,00 e o maior, R$ 7.800,00, de acordo com critérios de frequência considerando o número de faltas justificadas e injustificadas, não importando a função específica de cada profissional, seja ele professor, diretor, merendeiro, ajudante-geral, eletricista e assim por diante.

Na prática, ainda que tenha sido obrigado por lei a tomar essa medida porque o máximo que poderia ficar em caixa no fim do ano passado seria 5% do valor total anual destinado a Ibiúna pelo Fundeb, em torno de R$ 25 milhões, a categoria à qual pertence ficará com essa lembrança e grata ao professor Eduardo Anselmo. De acordo com as regras do Fundeb, no mínimo 60% devem ser destinados ao pagamento dos professores.

Na realidade, essa considerável sobra deixou de ser destinada à realização de obras, reformas e construções escolares. Uma das causas terá sido a própria situação de instabilidade política no município, onde houve troca de prefeitos duas vezes.

Assim, tanto Eduardo Anselmo (PT) quanto Fábio Bello (PMDB) não teriam tempo suficiente para focar essa área com a devida dedicação. Enquanto um tinha um olho na defesa do cargo e outro na administração, outro se esforçava para assumir o poder.

Comentários