Vitrine Online, a melhor informação !

FESTIVAL DE MALHAS ATRAI CONSUMIDORES DA REGIÃO E IRRITA COMERCIANTES LOCAIS

Uma gigantesca tenda em formato de cones abriga desde o dia 18 a 1ª FestMalhas de Ibiúna, que vem atraindo consumidores de cidades de toda a região. Está localizada no km 68,5 da rodovia Bunjiro Nakao,  próximo da cidade e conta com ampla área de estacionamento, área de alimentação e brinquedos para crianças.  O evento reúna mais de cem feirantes que oferecem muitos outros produtos além de grande diversidade de malhas, como calçados, bolsas, calças, agasalhos, blusas, meias, relógios e uma infinidade de outros itens de uso pessoal. A feira funciona diariamente das 9 às 22 horas e se estenderá até o próximo domingo. “As características principais da feira são preço e variedade”, disse à vitrine online Paulo Cesar Scodeler, um dos seus diretores, garantindo que “onde se realiza é sempre um sucesso”.

 

“Nos realizamos a FestMalhas há vinte e três anos e em todas as cidades onde é realizada sempre atrai uma multidão de consumidores que procuram preços mais acessíveis e variedades de produtos”, afirma Scodeler.

“Aqui em Ibiúna, basta olhar as placas dos automóveis.  Aos sábados lota. Temos gente de cidades de toda a região como São Roque, Vargem Grande, Sorocaba, Mairinque, Piedade, Itu, Votorantim e a FestMalhas, pelas suas próprias características, acaba contribuindo diretamente com a cidade, pois as pessoas almoçam ou jantam por aqui, abastecem seus veículos e até entram em contato com o comércio fixo local”.

Na verdade – informou o diretor – ele convidou os comerciantes locais a participarem da feira. “Eles poderiam escolher produtos que serão substituídos por novas mercadorias e expor aqui para acelerar suas vendas, fazer capital rápido e investir em novas compras. Mas nos responderam que isso seria uma ‘aberração'”. Na verdade, nós achamos que seria um excelente oportunidade de negócios para eles”.

 

Irritação

A vinda da FestMalhas para Ibiúna provocou um turbilhão na Associação Comercial e Industrial de Ibiúna que, em busca de atender as reclamações dos seus associados, teria procurado impedir a realização da feira e conseguir seu fachamento. Até mesmo os vereadores municipais foram acionados e indagados sobre um projeto de lei que poderia obstaculizar a vinda da feira (que está funcionando sob efeito de uma liminar). Esse projeto se encontra de fato na Câmara mas não conteria esse item que pudesse impedir a realização de feira. Um vereador disse à vitrine online que esse propósito é inconstitucional, já que cercearia o principio de liberdade do consumidor em fazer suas compras em lugares de sua melhor conveniência.

Segundo informações colhidas pela reportagem de vitrine online, até mesmo o  proprietário do terreno onde está instalada a feira, um empresário ibiunense, teria sido alvo no mínimo de ofensas por ter cedido aquele local. Uma reunião estava marcada para a noite de hoje (23), na sede da Associação Comercial para tratar o assunto.

Comentários