Vitrine Online, a melhor informação !

CPI DA MERENDA ESCOLAR – BELLO CHAMA DE “HIPÓCRITAS” AQUELES QUE FAZEM “POLÍTICA EM CIMA DESSE ASSUNTO”

belloNum espaço modesto em relação aos padrões de destaque habituais para assuntos dessa importância, e sem exibir foto alguma como ilustração, o Jornal do Povo publicou em sua edição nº 326, na última sexta-feira (6), uma nota em que o prefeito Fábio Bello se manifesta sobre a CPI que irá apurar possíveis irregularidades no fornecimento de alimentação para os 7.950 alunos da rede municipal de ensino em Ibiúna. [A CPI foi criada oficialmente na sessão do dia 3]

O jornal lembra que a medida fora proposta pelo vereador Carlos Marques Jr. (PSB), depois de fazer uma série de denúncias envolvendo a SP Alimentação, a firma contratada pela prefeitura de Ibiúna, para fornecer a merenda nas escolas do município. [Como se recorda, entre outras acusações, o vereador apontou que a firma estava envolvida na “Máfia da Merenda” escolar e que seu proprietário acabou preso exatamente por cometer diversas irregularidades em outros municípios do Estado de São Paulo e de outras regiões do País.]

Segundo a nota publicada com exclusividade pelo jornal, o prefeito ‘se defendeu’ afirmando que “fizemos a contratação da SP Alimentação porque a mesma participou da concorrência, tinha contrato em mais de 40 municípios do Brasil e até no Exterior, como Chile e Argentina”.

Disse ainda, segundo o jornal, que “achávamos que seria um serviço de excelência aos nossos alunos” e que “no primeiro mês, a merenda estava boa e ficamos contentes”. E que, “entretanto, no segundo mês,  fizemos uma reunião com as diretoras e as mesmas disseram que a qualidade havia caído. Imediatamente suspendemos o contrato”, teria declarado Bello, e prosseguido:

“Não tenho nada a esconder. Foi tudo dentro da legalidade e nunca tive conhecimento e nem qualquer contato com tais empresários (sic). Mas não vou aceitar calado que pessoas com passado obscuro se façam de hipócritas para fazerem política em cima desse assunto, atrapalhando o andamento de nossa administração.”

Segundo a publicação, o prefeito teria dito mais uma vez estar sendo vítima de perseguição política e que “estão querendo usar essa CPI para se autopromoverem e fazerem política. Mas a população sabe quem é quem”.

Comentários