Vitrine Online, a melhor informação !

CLAUDINO PILETTI ESCREVE – EU SONHAVA MUDAR TODAS AS COISAS, NÃO TER UM PESADELO

FOTO DO PTNada mais frustrante do que ver um belo sonho virar pesadelo. É o que aconteceu comigo que sonhava mudar todas as coisas e embarquei na canoa do PT. Ocorre que, de canoa, o PT tornou-se barco, depois, transatlântico e, enfim, Titanic.

Isso ocorreu sobretudo a partir da eleição de Lula a presidente, em 2002. No poder, um tanto deslumbrado, ele proclamou: “Não tem dificuldade que me assuste, que me acanhe.” E, mais: “Neste país de 180 milhões de brasileiros, pode ter igual, mas não pensem que tem nem mulher nem homem que tem a coragem de me dar lição de ética, moral e honestidade.” E, talvez, por ninguém ter tido tal coragem – e teria adiantado? – o PT (Partido Titanic) tornou-se um TP (Titanic Partido), ao se chocar contra o iceberg da corrupção.

No início, quando o PT era simples barco, eu que sonhava mudar todas as coisas, para ajudar a eleger meus candidatos, saí em busca de recursos vendendo estrelinhas do PT. Depois, decepcionado, vi os candidatos eleitos venderem a grande estrela que era o PT. Vi, no âmbito nacional, o PT buscando se perpetuar no poder a qualquer custo. E, o custo chegou com a Operação Lava Jato, que colocou na prisão vários petistas.

Mas, eu que sonhava mudar todas as coisas através do PT, não desisti do sonho. Aprendi, no entanto, que não é possível mudar as coisas sem mudar as pessoas.  No dia em que as pessoas forem honestas e justas, as coisas mudarão, através do PT ou de outro partido. E, a melhor forma de mudar as pessoas, é através da educação. Assim, diante da atual crise econômica, política, social e ética do país, só me resta levar a sério o que afirmou o escritor inglês H.G.Wells (1866-1944): “Entramos numa corrida entre educação e catástrofe.”

Se os petistas tivessem melhor nível de educação, sobretudo ética, talvez o PT fosse, hoje, o grande partido não só do Brasil, mas do Ocidente. O problema não foi o PT, mas os petistas. Lembro que, ao falar de socialismo, o escritor irlandês George Bernard Shaw (1856-1950) prêmio Nobel, afirmou: “Já poderíamos ter o socialismo, se não fosse pelos socialistas.” Talvez possamos dizer: “Já poderíamos ter o PT, se não fosse pelos petistas.”

 _________________

claudino de novoClaudino Piletti é professor-doutor

em Pedagogia e autor de vários livros.

Gaúcho de Bento Gonçalves,

reside em Ibiúna com a família.

 

Comentários