Vitrine Online, a melhor informação !

1º DE JANEIRO – ESPERANÇOSOS E CONFIANTES, IBIUNENSES CONTAM OS DIAS PARA A POSSE DO NOVO PREFEITO

pediatra

Faltam apenas quatro domingos para a posse de João Mello, novo prefeito de Ibiúna e a população conta os dias para a chegada de 1º de janeiro nutrida de esperança e confiança de que nesta data, enfim, começará a mudar a história política e administrativa do município.

Com notório talento prático de quem sabe ouvir para compreender, educado, atencioso, por isso mesmo talvez seja hoje o político mais bem- informado dos problemas e das necessidades reais dos munícipes.

João Mello tem demonstrado um dinamismo em suas relações sociais e políticas surpreendente, parece ter desenvolvido o dom da ubiquidade por sua presença em múltiplos lugares.

Surge ao lado do governador Alckmin, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, e daqui a pouco já passou por escolas em Ibiúna, manteve reuniões e conversas para compor seu quadro governamental ou visando assegurar o mais pleno conhecimento da herança que receberá do atual governo. Um vereador tem declarado persistentemente que será “um caminhão de abacaxis” e não apenas um desses frutos que, neste caso, por sua casca espinhosa, simboliza problema difícil de ser equacionado, uma incumbência desagradável.

Exatamente por isso – e ainda não se sabe o montante das dívidas deixadas, dos problemas das obras inacabadas, e de toda ordem de outras questões enclausuradas dentro das paredes da sede do Executivo – precisará da compreensão e firme apoio da população, protagonista da causa e objeto das mazelas que tenham ocorrido em sucessivos governos municipais.

Saibamos, portanto, que estamos no mesmo barco que nos conduzirá ao futuro e que precisamos navegar juntos, inicialmente em um mar desconhecido, com o nosso novo comandante. Não esperemos que nos diga “aqui mando eu”, pois essa expressão não faz parte de seu estilo, além de ser de uma forma de autoritarismo vetusta. Mas estejam certos de que sempre pedirá para que participem de seu governo, pois conhece a essência da democracia.

Limitados por uma miopia de graus elevados, há aqueles que imaginam que o novo administrador do município estará, obrigatoriamente, refém de barganhas com vereadores ou de grupos locais que se acham politicamente relevantes. Isso não pode acontecer pois haveria o risco de uma fatal atração tanto pela repetição de uma política retrógrada, parada mesmo no tempo, e que tantos prejuízos reais têm causado para todos os munícipes em todos os setores, especialmente na área da saúde pública, nos transportes, na falta notável de emprego que desespera famílias, da segurança pública, etc.

O novo governante terá apenas o caminho reto a seguir sem jamais se deixar levar por curvas e transversais, com a mente e o coração firmemente orientados na visão da realidade objetiva, a fim de pôr em prática seu plano de governo, com transparência (é uma de suas características) e um relacionamento humano com a população carente de respeito e de serviços públicos que assegurem um viver digno.

Oxalá, os ibiunenses possam comemorar o melhor réveillon político de sua história! (C.R.)

 

 

 

Comentários