Vitrine Online, a melhor informação !

IBIÚNA – LADRÕES ATIRAM CONTRA GCM FEREM UMA POLICIAL NO PESCOÇO; OUTRO FOI SALVO PELO COLETE À PROVA DE BALAS

Uma policial feminina da Guarda Civil Municipal de Ibiúna está com uma bala alojada no pescoço, outro foi salvo pelo novo colete à prova de balas recentemente fornecido aos gcms [o projetil ficou alojado na parte frontal do equipamento].

Esse foi o resultado dos disparos feitos por bandidos ontem (8), por volta das 21h30, no bairro do Campo Verde, durante tentativa de roubo a uma propriedade de agricultores frustrada pela ação de sete gcms que atenderam a ocorrência.

Os médicos que a atenderam no Pronto-Socorro do Hospital Municipal de Ibiúna resolveram aguardar mais alguns dias para decidir sobre a remoção do projétil. Ela foi transferida para o Hospital Regional de Sorocaba para se submeter a uma avaliação mais especializada.

A corporação pediu para não divulgar os nomes tanto das vítimas da propriedade quanto dos policiais, a fim de evitar represálias, mesmo porque os bandidos se evadiram do local sem que pudessem ser localizados e identificados.

Uma das viaturas utilizadas pela GCM recebeu quatro tiros: dois na porta do motorista e outros dois na grade plástica dianteira e próximo à marca do veículo, um Ford.

COMO ACONTECEU

De acordo com o boletim de ocorrência lavrado na Delegacia de Polícia Civil de Ibiúna na madrugada de hoje (9), dois indivíduos encapuzados e armados arrombaram a porta da sala do caseiro da propriedade exigindo dinheiro e armas. De acordo com a testemunha, um deles portava uma arma longa, provavelmente calibre 12 e o outro, um revólver. Em seguida, obrigaram o caseiro a levá-los à casa principal do proprietário do sítio. Nesse momento, a equipe da GCM chegou e os bandidos [um gcm ouvido pela revista vitrine online admitiu que poderia haver outros elementos na mata], imediatamente iniciaram os disparos.

“Não era possível visualizar os indivíduos, ocultos na escuridão e, por esse motivo, não realizamos nenhum disparo”, declarou um policial. “Eles se evadiram do local e nós não efetuamos a perseguição, pois demos prioridade ao atendimento da vítima baleada”, que foi conduzida ao pronto-socorro do Hospital Municipal e está fora de perigo de morte.

Esta não é a primeira vez que gcms são atingidos por balas disparadas por bandidos. Três deles já foram vitimados, “mas passam bem e continuam trabalhando normalmente”.

NOVOS COLETES

Os novos coletes à prova de balas foram entregues [53 no total] à corporação pelo prefeito João Mello durante solenidade realizada em frente ao Paço Municipal no dia 27 de setembro deste ano,

 

 

 

Comentários