Vitrine Online, a melhor informação !

SAIBA COMO EVITAR DOENÇAS ALIMENTARES QUE PODEM SER FATAIS PARA CRIANÇAS SUBNUTRIDAS OU IDOSOS

Os médicos sanitaristas [cuidam da saúde pública] alertam que o cuidado na manipulação dos alimentos é fundamental na preservação da saúde.

Muitas doenças são adquiridas em consequência da ingestão de alimentos contaminados. São as chamadas toxi-infecções alimentares. A contaminação se torna potencialmente capaz de causar doenças em decorrência da multiplicação dos germes patogênicos presentes nos alimentos. Quando acometem crianças subnutridas ou pessoas idosas podem levar à morte.

Para evitar a contaminação dos alimentos e a consequente transmissão de doenças, são fundamentais os seguintes cuidados higiênico-sanitários, de acordo com o médico veterinário e sanitarista José Loiola Carneiro:

  1. Lavar bem as mãos

. ao iniciar o preparo de alimentos

. após o uso do sanitário

. após a remoção do lixo

. após manipulação de dinheiro

  1. Proteger os alimentos, dentro e fora da geladeira, com plásticos transparentes e incolores ou vasilhas com tampas
  2. Não comprar ou utilizar alimentos com prazo de validade vencido
  3. Cuidado com a higiene dos talheres, panelas e demais utensílios
  4. Não comprar latas amassadas, enferrujadas ou estufadas
  5. Cozinhar ou fritar bem os alimentos
  6. A temperatura da geladeira deve ser inferior a 4ºC para conservação dos alimentos refrigerados
  7. Para conservação em banho-maria, a temperatura deve estar entre 65ºC e 74ºC
  8. Verificar rigorosamente as condições higiênicas dos estabelecimentos onde for adquirir ou consumir alimentos10.
  9. Não adquirir alimentos quando observar moscas sobrevoando ou pousadas sobre eles.
  10. Ao adquirir filé de peixe exija que o pescado seja filetado na sua presença12. Só comprar o pescado que apresentar:

. olhos brilhantes e salientes

.  guelras vermelho-vivo

. ventre não inchado (ao pressionar o dedo na carne ele afunda e volta)

. cheiro próprio – ausência de amoníaco

. rabo firme, escamas aderentes ao corpo, ânus fechado.

De acordo com o médico veterinário e sanitarista Francisco Alberto Mathias, os sintomas de uma intoxicação alimentar, provocados por bactérias ou toxinas (substâncias produzidas por bactérias) se manifestam de 2 até 72 horas depois da ingestão dos alimentos.

Os principais sintomas são (não necessariamente todos ao mesmo tempo): dor de cabeça, dores abdominais, disenteria, vômito e febre.

 

Comentários