Vitrine Online, a melhor informação !

COMUNICAÇÃO – PSICÓLOGO CRIA MÉTODO CONTRA RELAÇÕES VERBAIS VIOLENTAS

Enquanto as relações humanas forem permeadas por coisas como dinheiro e outros objetos, com o objetivo de possuí-los, às vezes sem nenhum escrúpulo, haverá robustos obstáculos para compreender a teoria criada pelo psicólogo norte-americano Marshall Rosenberg.

Em suma, ele propõe que nos relacionemos uns com os outros usando a “Comunicação Não Violenta”, a fim de que possamos criar relações humanas mais satisfatórias, tornando-se ao mesmo tempo mais livres e mais responsáveis.

Na trilha do método desenvolvido por Rosenberg, um advogado, também norte-americano, Thomas D’Ansembourg, resolveu abandonar sua carreira de advogado e conselheiro de um centro de assistência a delinquentes juvenis para se dedicar integralmente ao acompanhamento terapêutico e ao ensino da Comunicação Não Violente, na Europa, Canadá e Marrocos.

“A violência é um efeito da ausência de consciência. Se fôssemos mais conscientes, encontraríamos com mais facilidade ocasiões para exprimir nossa força sem agredir o outro.”

Cotejar o significado dessa frase com a banalidade da violência no Brasil é como ver uma história de Poliana sendo exibida num encontro de uma quadrilha de bandidos, acostumados a resolver tudo na base da mais violenta crueldade. Devemos incluir nesse contexto todos aqueles que comentem crimes contra crianças, idosos, mulheres que tanto se veem no noticiário policial cotidianamente, como se fosse normal ser violento.

Os autores mencionados trabalham num plano mais elevado. Eles se referem à violência manifestada por meio das palavras que empregamos no dia a dia. Palavras que ferem, separam, julgam, rotulam, mortificam aqueles aos quais são dirigidas.

Portanto, para superar ou amenizar esse panorama de crueldade em nossas relações diárias, que geram conflitos entre casais, amigos e colegas de trabalho, a Comunicação Não Violenta fornece ferramentas práticas, a fim de tornar os relacionamentos “mais verdadeiros, íntimos e equilibrados”.

D’Ansembourg apresenta 7 atitudes que você pode tomar que lhe possibilitará diversas oportunidades:

▪ se expressar com clareza sem se anular para corresponder às expectativas alheias;

▪ reavaliar sua linguagem e sua maneira de pensar para evitar conflitos desnecessários;

▪ respeitar a si mesmo e emitir suas opiniões sem precisar atacar ninguém;

▪ ser capaz de aceitar críticas sem deixar que elas abalem sua autoestima;

▪ assumir a responsabilidade por seus sentimentos e suas ações;

▪ Remover as máscaras que usa para se proteger e esconder suas reais intenções;

▪ Superar ideias preconcebidas e crenças condicionadas.

Para saber mais:

Como se relacionar bem usando a Comunicação Não Violenta – D’Ansembourg – Editora Sextante, 2018, Rio de Janeiro.

 

Comentários