Vitrine Online, a melhor informação !

VIAÇÃO RAPOSO TAVARES E PREFEITURA CALAM SOBRE TRANSPORTE PÚBLICO EM IBIÚNA

A Viação Raposo Tavares começou a operar no transporte público de Ibiúna no domingo (8), com um número reduzido de ônibus, mas impreciso, porque tanto a empresa quanto a Prefeitura não prestam informação alguma para a população.

Vitrine online tentou contatar tanto o Executivo quanto a empresa, cuja sede se localiza em Cotia, mas não obteve nenhum retorno até a finalização desta notícia.

A revista procurou informações também com os funcionários da empresa na Rodoviária, que disseram que “estavam proibidos” de dar qualquer tipo de esclarecimento à imprensa.

O que apurou, no entanto, é que o número de ônibus ainda é pequeno para atender à demanda de modo satisfatório. No entanto, é notório que os novos veículos aparentam aspecto bem superior ao dos ônibus da Viação Veloz, que deixou de operar no município, e deixou péssimas lembranças na memória da população.

Espera-se que a frota logo incorpore mais ônibus e cumpra o que consta do contrato de licitação que venceu para operar pelos próximos dez anos, com previsão de mais dez, ou seja, um total de vinte anos.

Quando noticiamos que a Viação Raposo Tavares, do Grupo Danúbio, vencera a licitação, muitos munícipes sentiram alívio e até mesmo celebraram com alegria essa novidade, pois estavam extremamente insatisfeitos com a Viação Veloz, que “já foi tarde”, como comentou uma leitora.

Contudo, tanto a conduta da Prefeitura, contratante da empresa, quando a própria empresa são merecedoras de desaprovação, pois fere o direito à informação, já que ambas são solidariamente responsáveis quanto ao cumprimento desse princípio elementar de todos aqueles que exercem uma atividade de interesse público e mantida pelo povo que paga pelas viagens.

Não se trata de favor, mas de obrigação, informar corretamente, a fim de que os usuários possam ser bem orientados.

Algumas autoridades têm “lembrado” vitrine online para dar boas notícias dos atos da Municipalidade, mas pouco contribuem para que isso aconteça e este caso do transporte público é um exemplo palmar. Seria uma boa notícia, por exemplo, informar claramente quando a Viação Raposo Tavares estará operando com a frota prevista em contrato. Aparentemente, boas notícias, são aquelas favoráveis apenas ao poder público, quando a missão principal da revista é atender às necessidades da população. (Carlos Rossini é editor de vitrine online)

Comentários