Vitrine Online, a melhor informação !

SETEMBRO AMARELO – PSICÓLOGA APONTA CUIDADOS PARA PREVENIR SUICÍDIOS

Setembro Amarelo é uma campanha nacional que começou no ano de 2015. Seu objetivo é a prevenção ao suicídio e serve de alerta, já que infelizmente os suicídios vêm crescendo ao longo dos anos.

Alguns fatores estão por trás das tentativas e concretizações de suicídio, dentre eles se incluem os transtornos mentais (depressão, transtorno de personalidade borderline, bipolaridade, etc), o uso de álcool e de outras drogas.

A população mais atingida está entre os jovens, com idades entre 15 e 30 anos.
Algumas circunstâncias também estão ligadas ao suicídio, tais como: desemprego, problemas familiares ou de relacionamento amoroso, aposentadoria e até mesmo estresse.

Em relação a risco por gênero, as mulheres são as que mais tentam cometer suicídio, porém os homens são os que mais conseguem efetivamente concluir.

Sobre a prevenção, é importante destacar que buscar ajuda profissional é extremamente necessário para que a pessoa em risco possa receber um tratamento adequado, por meio de psicoterapia com um psicólogo e tratamento com medicamentos através de consulta com um médico psiquiatra.

Em casos de crises é importante solicitar o hospital ou SAMU, para que a pessoa receba os cuidados emergenciais necessários.
No Brasil contamos com ajuda por telefone do CVV (Centro de Valorização da Vida), através do número 188. A ligação é gratuita e conta com profissionais voluntários 24 horas por dia.
Além da ajuda profissional também é importante ampliar a rede de apoio de quem se encontra em risco, tal como recorrer à família, amigos, trabalho ou escola e saúde municipal (hospital, CAPS, postos de saúde).

Ficar atento a frases como:
– Eu sou um fardo para as pessoas;
– Eu preferiria estar morto;
– Eu queria sumir.
– Eu queria dormir e não acordar mais;
– Estou cansado desta vida.

Essas frases podem ajudar a identificar alguém que esteja em risco e precisa de ajuda profissional.

Mostrar-se interessado em ouvir a pessoa que não está bem e praticar a empatia pode fazer toda diferença e salvar vidas. O mais importante é não menosprezar o sofrimento do outro e não julgar.

___________

Sheila Soares – Psicóloga CRP 103.706 – Contato: (15) 99666-5975

 

Comentários