Vitrine Online, a melhor informação !

IBIÚNA – DEFESA CIVIL ENVIA NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE QUEDA DE ÁRVORE EM UMA CASA

Sobre a notícia publica ontem (4) por vitrine online, intitulada “Ibiúna – Árvore cai e destroi casa no bairro Dois Corregos durante a chuva da madrugada”, a Defesa Civil do Município enviou a seguinte nota de esclarecimento:

“A Coordenadoria da Defesa Civil de Ibiúna, valendo-se do seu direito de resposta, vem por meio desta nota esclarecer alguns pontos acerca do relatado na matéria divulgada no Portal de Notícias “Vitrine Ibiúna”.

Foi alegado na matéria que o proprietário do imóvel afetado já possui autorização, mas que a Prefeitura não tomou nenhuma providência. Esclarecemos, que a Prefeitura emite apenas autorizações, mas não realiza corte e poda de árvores em áreas particulares, haja vista que todas as vegetações inseridas em propriedades particulares tratam-se de bens por acessão e são de responsabilidade de seus respectivos donos. O mesmo se aplica as abelhas, estando em áreas particulares.

No dia 16 de outubro de 2019, a Defesa Civil de Ibiúna, emitiu a autorização de corte para os 04 (quatro) exemplares arbóreos (sendo um deles uma araucária) localizados na propriedade onde houve a queda do referido espécime, mas o procurador responsável retirou o documento apenas no dia 22 de outubro de 2019 e até a data dos fatos não procedeu com a remoção das árvores.

Foi alegado também na matéria que as famílias encontram-se em risco, entretanto, em nenhum momento a defesa civil foi acionada para proceder com a remoção da família da suposta área de risco.

Concluímos, portanto, que a Coordenadoria da Defesa Civil de Ibiúna não eximiu-se de nenhuma de suas responsabilidades.”

NOTA DA REDAÇÃO – Sempre é importante que os órgãos públicos municipais esclareçam a população sobre fatos em que são mencionados e essa é uma atitude positiva. Infelizmente, trata-se de uma atitude excepcional, porque na maioria das vezes em que citamos algum órgão da Prefeitura, mesmo solicitando informações com insistência, não obtemos retorno. Além disso, é preciso frisar que, em momento algum a revista afirmou que a Coordenadoria da Defesa Civil tenha se eximido em relação ao fato em tela. Apenas retratamos o que nos informou uma munícipe, aflita com a situação da família atingida. Cabe ainda dizer que vitrine online está cada vez mais sendo procurada pelos munícipes devido sobretudo ao fato de praticar um jornalismo profissional merecedor de credibilidade pública.

 

Comentários