Vitrine Online, a melhor informação !

GAROTA DE PROGRAMA

Dá para escrever um livro com os conteúdos das conversas via Facebook que tenho mantido com mais de mil pessoas que fizeram pedidos de amizade ao editor de vitrine online nos últimos dias, do Brasil e do Exterior.

Cada história é única, mas há pontos comuns em muitas delas no cenário da existência humana. 

São pessoas procurando pessoas pelos mais diferentes motivos, até mesmo para um bate-papo breve, suave, anexação de figurinhas brilhantes de “bom-dia”, “boa tarde”, “boa noite” e também imagens sobre o Natal que se aproxima.

Sigo uma agenda elegante com todos e, sobretudo, respeitando os relatos de cada um, sem fazer juízo de valor algum. Uma boa escuta, portanto, despojada de preconceito.

Uma mulher jovem, pergunta o que faço. Respondo e retribuo a mesma indagação.

— Sou garota de programa, acompanhante – ela diz.

— É um jeito de viver, né? – escrevo.

Antes desse ponto a havia convidado para acompanhar a revista vitrine online e emitir sua opinião sobre meu trabalho jornalístico. Conhecer a opinião do leitor é fundamental.

— Sim [sou garota de programa]…não quero mais fazer isso, estou pensando.

— Tem suas razões…

— Um pouco não é legal, tem uns chatos, outros que não querem pagar.

Não é difícil imaginar que isso aconteça. Há homens abusados e irresponsáveis no que fazem, incluindo alguns sociopatas perigosos que, como animais ferozes, saem em busca de uma presa.

No final, me faz uma oferta inesperada:

— Eu vendo também vendo vídeos. Se interessar…

Insere o desenho de uma garotinha com as mãos abertas, como se esperasse por uma resposta.

Na tarde seguinte, me desejou “Boa tarde” e acrescentou um rostinho de sol sorridente. Respondi:

— Boa tarde! (C.R.)

Comentários