Vitrine Online, a melhor informação !

CAPITÃO BRUNA – PM EM IBIÚNA BUSCA PROPORCIONAR SERVIÇOS DE EXCELÊNCIA PARA A POPULAÇÃO

Desde criança, em Sorocaba, onde nasceu, Bruna Carolina dos Santos Martins tinha facilidade de liderança. Nos trabalhos de grupos tomava iniciativas naturalmente no que era bem-sucedida. Mais tarde, quando fez um teste vocacional, a mesma habilidade se confirmou.

Hoje, aos 37 anos, a capitão Bruna comanda mais de cem policiais militares integrantes da 2ª Companhia do 40º Batalhão da Polícia Militar do Estado de São Paulo/Interior, que abrange três municípios: Ibiúna, Piedade e Tapiraí.

Promovida a capitão em 2017, ela assumiu o novo posto de comando em Ibiúna em meados de junho último. Bruna está prestes a completar dezenove anos em uma brilhante carreira na Polícia Militar, sobretudo em atividades operacionais, oito anos dos quais no comando de Força Patrulha em Sorocaba, de pelotões em Piedade, Araçoiaba da Serra, Pilar do Sul e agora de uma companhia, onde atuou quando era tenente, portanto conhece bem a região.

Formada na Academia de Polícia Militar do Barro Branco em São Paulo, Bruna também é formada em Direito, pela Uniban.

Antes de chegar a Ibiúna, comandou a companhia em Tatuí, que abrange também as cidades de Capela do Alto e Quadra. Ao se despedir em junho de Tatuí foi homenageada com o título de “Cidadã Tatuiana”, em gratidão pelos seus bons serviços prestados àquele município.

A capitão Bruna também exerceu a função de chefe do Escritório de Projetos da PMESP, no Quartel de Comando Geral em São Paulo.

POLÍCIA INTELIGENTE

Em entrevista a vitrine online hoje (17) à tarde, a nova comandante afirmou que seu principal objetivo frente à Companhia “é melhorar os indicadores operacionais e administrativos com o objetivo de oferecer à sociedade um serviço com padrão de excelência e resultados práticos de segurança esperados pela população” .

Uma das ferramentas estratégicas é o planejamento do policiamento inteligente que assegura maior eficiência nas ações preventivas e que é aferido na forma de prestação de contas mensais com dados estatísticos e transparência à população, que já se observam em vários pontos de Ibiúna por meio de cartazes afixados em lugares públicos de fácil acesso aos munícipes.

BEM-ESTAR

Um dos seus focos principais em relação à corporação é proporcionar o máximo bem-estar aos seus comandados de modo que, sentindo-se respeitados em suas necessidades fundamentais e confortáveis possam prestar serviços de excelência ao público que serve 24 horas por dia. Por isso mesmo, estão previstos serviços de melhorias nas instalações da companhia.

Isso inclui estrito cumprimento do dever e agir dentro da legalidade e de respeito aos cidadãos de bem e atuar conforme as situações excepcionais exigirem, no caso de comportamentos antissociais em que existem desvios de condutas socialmente esperadas.

“A maior parte de nossa missão não é prender e sim constituída por práticas de cunho social em situações que envolvem, por exemplo, atender parturientes, crianças ou pessoas em risco, desinteligências e socorrer aqueles que precisam de alguma forma de cuidado e ajuda.”

VIZINHANÇA SOLIDÁRIA

Uma das ações que já dão resultados claramente satisfatórios é o Programa de Vizinhança Solidária, uma inteligente medida que envolve os moradores e os motivam a agirem de forma solidária para assegurar a segurança de cada um e de todos.

Um PM é destacado para organizar e acompanhar o programa em cada bairro, onde se escolhe um tutor (espécie de líder local) para a implantação de um sistema de intercomunicação instantânea entre os moradores caso alguém perceba a existência de alguma ameaça. Eles usam um grupo de WhatsApp exclusivamente a serviço da segurança da comunidade. Somente assuntos de segurança podem ser postados no grupo.

Em síntese, caso algum dos moradores observe alguma pessoa suspeita por perto ou mesmo um fato em andamento, logo o sistema é acionado por meio do 190. Além disso, há faixas e placas indicando que o bairro conta com o serviço e isso, por si só, já é reconhecido como risco para o eventual malfeitor. O 181, que garante sigilo absoluto, também pode ser acionado, caso alguma vítima sinta a necessidade de manter seu anonimato.

O Programa Vizinhança Solidária já funciona em seis bairros: Residencial Europa, Lagos Verdes, Areia Vermelha, Bonanza, Condomínio Raposo Tavares e Colinas. Outros quatro bairros o sistema está em processo de instalação. “Nosso objetivo é atingir 100% dos bairros”, afirma a capitão Bruna, assegurando que os resultados são muito auspiciosos.

JUVENTUDE

Dois outros projetos – o “Programa Jovens Brasileiros em Ação  (JBA), desenvolvido nas escolas pela Polícia Militar, com a finalidade de despertar nos adolescentes suas potencialidades, revelando a esse público as possibilidades de desenvolvimento como cidadãos conscientes, críticos e participativos, através da liderança, assim como o Proerd, estão suspensos temporariamente devido à pandemia da Covid-19, já que as atividades nas escolas estão suspensas.

O Proerd – Programa Educacional de Resistência às Drogas, em Ibiúna aos cuidados do PM Peixoto, inclui a atuação da Polícia Militar, das escolas e das famílias, procura fazer com que os jovens se mantenham distantes das drogas, da violência e de outros comportamentos perigosos.

A capitão Bruna afirmou que assim que a situação da pandemia for se normalizando essas atividades voltarão a funcionar a todo o vapor. (Carlos Rossini é editor de vitrine online)

Comentários