Vitrine Online, a melhor informação !

IBIÚNA VAI GANHAR UMA ESCOLA-MODELO, A PRIMEIRA A FUNCIONAR EM PERÍODO INTEGRAL

A secretária municipal da Educação, Naiane Aparecida Lopes Pereira Leite, disse hoje (23) à vitrine online que o município de Ibiúna vai ganhar, até o fim desde ano, a primeira escola pública em período integral de sua história, em um prédio que utilizará uma nova tecnologia de construção denominada “steel frame”. Será construída no bairro do Paruru e atenderá também crianças de localidades próximas, como Piratuba, Colégio e Ressaca. Será uma escola-modelo e autossustentável, com capacidade para quatrocentos e oitenta alunos.

A escola será montada numa estrutura com placas cimentícias de aço (tecnologia “steel frame”) que tornam “mais econômica sua construção”. Arquitetonicamente foi planejada para receber mais luz natural e captará águas da chuva para serem utilizadas nos serviços de limpeza.

Além das dezesseis salas com capacidade para trinta alunos cada uma, a unidade contará com biblioteca, auditório, sala de informática e quadra poliesportiva coberta.

Na verdade, essa nova escola porá fim a uma era que as escolas municipais eram construídas com os chamados “puxadinhos”. Faz-se uma sala, a demanda aumenta, faz-se outra, sem nenhum planejamento visando às necessidades futuras.

Outras ações

Naiane também anunciou a construção de duas escolas de educação infantil Pró-Infância que serão montadas pelo Governo Federal, uma no Paruru e outra no Gabriel. Ambas já estão aprovadas e ficarão prontas também neste ano.

A Escola Municipal “Criança Feliz”, localizada próxima aos Correios, no centro da cidade, será completamente reformada e terá sua capacidade ampliada de cinco para oito salas e ganhará uma sala de informática. Do que existe, somente as paredes serão aproveitadas – informa a secretária – razão por que as aulas para seus alunos serão ministradas provisoriamente em outro local, também no Centro.

A Creche-Berçário “Nossa Senhora”, que está desativada, também passará por reforma e será entregue à população e oferecerá maior conforto para vinte e quatro bebês e crianças.

A secretária informou ainda que nove das treze creches existentes no município serão reformadas, sobretudo em seus telhados, pois todas têm grande problema com goteiras dentro das salas. “Elas foram construídas no formato de ‘caixote’, o que serviu para gerar esse problema em todas elas”, esclareceu Naiane.

Estão inclusas nesse projeto as creches  Cezira Falena (Capim Azedo), da Cachoeira (será adotada pelo Banco do Brasil), Victor Aislon (Manuel Clemente), Juliana Coelho Hamada (Rosarial), Messias Godinho (Campo Verde), Gabriela Cipullo (Ressaca), Izaura M. Nascimento (Paruru), Priscila Dias de Moraes (Sorocabuçu) e Rosana Lima Cristiana Marcicano (Vila Pitico).

Brinquedos

“A aquisição de brinquedos para parquinhos de diversões e mobiliários escolares destinados às escolas de educação infantil e creches irá em breve para licitação.”

 

 

 

Comentários