Vitrine Online, a melhor informação !

ACÚMULO DE LIXO NAS ESTRADAS DE IBIÚNA VOLTA À PAUTA NA CÂMARA MUNICIPAL

Essa foto contém duas informações visuais: mostra ao fundo uma creche, localizada na Estrada da Cachoeira e um monte lixo acumulado em frente do prédio. Este assunto [lixo que se acumula ao longo das estradas municipais] foi o principal tema levantado, durante a “palavra livre”, na sessão de hoje (28), da Câmara Municipal de Ibiúna, pelo vereador Pedrão da Água (PROS).

Na Estrada da Cachoeira havia seis caçambas grandes para a coleta de lixo. Hoje não existe nenhuma e o lixo está sendo lançado na terra, em frente à creche [leia abaixo] e numa área próxima ao conjunto de casas do “Projeto Minha Casa, Minha Vida”, a cerca de quilômetro e meio do centro da cidade.

O vereador disse que essa situação está generalizada, mas citou algum lugares, como exemplo, a própria Estrada da Cachoeira, Bunjiro Nakao [a principal via de acesso a Ibiúna], Lageadinho, Puris e tantos outros. “O que há hoje é muito lixo fora de caçamba. Além disso, as caçambas que existem são menores das que eram utilizadas antes, por isso transbordam mais rapidamente. Muitas caçambas foram retiradas de vários pontos e não foram repostas. E de qualquer forma seu número é insuficiente.”

O resultado é esse: os visitantes de uma estância turística, que é Ibiúna, veem lixo por toda a parte e parece que a autoridade municipal ignora que estamos diante de uma epidemia de dengue e sabemos que o lixo é um ambiente propício para a proliferação de mosquitos, moscas e ratos –declarou o parlamentar que preside o PROS na cidade.

Como os dois vereadores que representam o prefeito  se ausentaram do plenário durante sua exposição – Devanir Candido de Andrade (PMDB), líder do governo na Câmara, e Odir Vieira Bastos (PSC), vice-líder – Pedrão lamentou ambas as ausências, já que deveriam “ouvir as denúncias e encaminhá-las ao prefeito”.

“Passou a hora de tapar o Sol com a peneira” – salientou o vereador –, assinalando que a questão do lixo que já não era boa ficou ainda pior, sendo que “o chefe do Executivo continua sem nos ouvir, na condição de representantes do povo.”

Creche

A creche do bairro da Cachoeira foi construída pelo prefeito Fábio Bello em 2008, sem nunca ter funcionado. Nos últimos meses passou por uma repaginação completa: foi ampliada consideravelmente, com novo corte do barranco [a creche foi erguida num barranco], recebeu uma pista para entrada e saída de veículos, novo telhado e sistema elétrico e de iluminação. Os moradores no bairro ficaram admirados com a intensa movimentação de operários e materiais que foram utilizados. Talvez seja, pelo investimento presumido, a melhor creche de Ibiúna, embora a anterior tenha ficado inútil durante sete anos. Agora esperam que a nova seja inaugurada e cumpra sua função.

 

Comentários