MORADORES NO BAIRRO DA CACHOEIRA PEDEM “OPERAÇÃO TAPA-BURACOS”

Ao verem a notícia de que o prefeito de Ibiúna, Paulo Sasaki, anunciou no dia 10 uma “Operação Tapa-Buracos” no bairro Residencial Europa e na Estrada do Murundu e que o serviço continuará em outros bairros, moradores no bairro da Cachoeira pediram que a Estrada da Cachoeira também receba a benfeitoria. “Ninguém aguenta mais!”

Leitores de vitrine online disseram que “já estamos cansados de tanta buraqueira” que têm provocado muitos danos e prejuízos nos carros. Alguns buracos, na verdade, representam até mesmo perigo para o trânsito, pois exigem que o motorista, para evitá-los, façam ziguezague, entrando temporariamente na contramão.

Um trecho de cerca de 25 metros, exatamente no ponto da bifurcação com a estrada para Mairinque, que recebe trânsito pesado que vem da região Sorocaba e também ambulâncias que transferem pacientes de Ibiúna para Sorocaba e vice-versa, “está uma calamidade há mais de dois anos”.

A propósito, vitrine online publicou inúmeras notícias e vídeos reivindicando providências ao governo anterior que se limitou, raras vezes, a passar uma máquina motoniveladora no local ou jogar um pedrisco, que não durava nem uma semana.

Trata-se de um lugar com problema crônico. “Esperamos que o Paulinho Sasaki, que está procurando cumprir suas promessas de campanha cuide da nossa estrada.”

“Olha, prefeito – pediu uma moradora – por favor não permita que façam um trabalho porco como no governo anterior, é preciso recapear aquele trecho, só tapa-buracos não vai adiantar nada.”

Carlos Rossini

Carlos Rossini é jornalista, sociólogo, escritor e professor universitário, tendo sido professor de jornalismo por vinte anos. Trabalhou em veículos de comunicação nas funções de repórter, redator, editor, articulista e colaborador, como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Diário Popular, entre outros. Ao transferir a revista vitrine, versão imprensa, de São Paulo para Ibiúna há alguns anos, iniciou uma nova experiência profissional, dedicando-se ao jornalismo regional, depois de cumprir uma trajetória bem-sucedida na grande imprensa brasileira. Seu primeiro livro A Coragem de Comunicar foi lançado na Bienal do Livro em São Paulo no ano 2000, pela editora Madras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *