Vitrine Online, a melhor informação !

SURPRESA! – TIA FILOMENA ESTÁ NA RUSSIA E VAI PEDIR UM AUTÓGRAFO PARA O NEYMAR

Depois de um longo tempo sem contato comigo, eis que, de repente, recebo uma mensagem no zapp:

“Tia Filomena, é a senhora?!”

“Sim, quem poderia ser, meu sobrinho?”

“Não acredito, depois de tanto tempo sem dar notícias…”

“Pois é, quem é vivo aparece…”

“Tia, onde você está?”

“Na Rússia, não vê pela foto que lhe enviei?”

“Não acredito! O que você está fazendo aí?”

“Ué, vim assistir aos jogos do Brasil na Copa do Mundo…”

“Tia, você ficou maluca de vez?”

“Por quê, afinal também torço pela seleção canarinho.”

“Na verdade, fica só pra você: enchi a caveira de vodka, da boa, tô leve…”

“Tia, você não se envergonha de estar aí? Os brasileiros estão na maior miséria, sem emprego, com o preço da gasolina subindo quase todos os dias…, falta de assistência médica, uma corrupção danada…”

“Sobrinho, a vida é pra ser vivida, o resto que se dane. Como estão as coisas por aí, digo, em relação à Copa, claro?”

“Bem, a população já enfeita seus carros e casas com a bandeira do Brasil e se prepara com ardor patriótico para receber mais um caneco, afinal, a nossa seleção tem fama, né?”

“Só isso, você tem pra me contar? Tem ideia de quantos milhões de cervejas, cachaça, aparelhos de TV vão ser vendidos? E churrascos, então, quantos haverá por aí?

“Acho que vai ser muito, brasileiro esquece de todos os seus problemas do dia a dia e se transforma em uma entidade coletiva em tempos do campeonato mundial de futebol…”

“Então, o que você quer mais? O Brasil é ou não é o País do futebol? Deus é ou não é brasileiro? Nessa época o povão esquece de toda a sua miserabilidade e vai com tudo pra galera, meu sobrinho.”

“Tia, quer saber, fiz uma promessa pra mim mesmo. Não vou assistir a nenhuma partida, nem vou tomar conhecimento da Copa e se o Brasil perder, não vou dar a mínima.”

“Nossa, não espalhe isso, não! O Brasil sem futebol é a mesma coisa que comida sem tempero! É esse Brasil que os políticos gostam. Torcedores fervorosos, enlouquecidos, delirantes…enquanto isso, bem sabe como é, né?”

“Tia já imaginou se o Brasil for campeão, o que o Michel Temer vai dizer: ‘Viu, não falei que estou pondo o País no caminho certo. País que ganha campeonato mundial de futebol, não precisa de ser mais nada que o povo fica feliz por um longo tempo.’”

“Quáquáquá!!! E se ele resolver malufar e dar um carro blindado [padrão da elite governamental] para cada jogador? Receber os atletas no Palácio do Planalto sob um dia ensolarado em Brasília será a sua glória.”

“Tia que ninguém nos ouça, mas um amigo meu, muito crítico, disse que ‘futebol é o ópio do povo’. Enquanto os jogadores ganham fábulas, a maioria esmagadora que trabalha, porque há milhões de desempregados, ganha o salário mínimo do Temer, não dá nem pro sustento mensal de uma família.”

“Sobrinho, deixa de se influenciar por esses maus brasileiros que ficam falando isso, aquilo. Nós somos um povo alegre e feliz, temos o melhor Carnaval do mundo, a melhor música, o melhor futebol…o que mais você queria? Temos tudo do bom e do melhor.”

“Tá bom tia, o que você anda fazendo por aí?”

“Quer a verdade?”

“Claro!”

“Tomando vodka, a maior parte do tempo, rindo, passeando sob céu azul e observando as construções, algumas muito coloridas. Tenho encontrado muitos brasileiros por aqui, o que mostra que se o país estivesse tão ruim como dizem, teria poucos deles por aqui. Eu, como você sabe, recebo aposentadoria do INSS e o que ganho dá e sobra. Paguei passagem de ida e volta, hospedagem, tudo à vista e aluguei um táxi por um mês para circular sem me preocupar. Sabe que não gosto de ônibus e tampouco de dirigir, né?”

“Quando voltar, vem me visitar aqui em Ibiúna. Tenho muitas novidades para contar…”

“Sim estarei aí. Comprei uma bola e vou pedir para o Neymar autografá-la. Levarei de presente para você.”

“Que demais, Tia!” (C.R.)

Comentários